slide1 slide2

Card. Damasceno Assis: a importância do “discernimento espiritual”

2015-10-27 Rádio Vaticana - Logo após o final dos trabalhos do Sínodo dos Bispos, o Cardeal Damasceno de Assis, em declarações à Agência Ecclesia, falou sobre a importância do “discernimento espiritual” proposto no Relatório Final da XIV Assembleia Sinodal dedicada à temática da Família.

 

O Cardeal Raymundo Damasceno Assis, presidente-delegado do Sínodo dos Bispos sobre a Família, afirmou mesmo que o “caminho de discernimento” proposto aos divorciados recasados poderá levar, em casos pontuais, à admissão dos mesmos à Confissão e Comunhão.

O arcebispo de Aparecida no Brasil sublinha que o Sínodo não estabelece “nenhuma referência” concreta sobre este assunto, centrando-se  na “integração” dos católicos em segunda união na vida das comunidades.

É, assim, missão dos padres “acompanhar as pessoas” num caminho de discernimento que parta de um “exame de consciência” tal como é proposto no nº85  do Relatório do Sínodo.

D. Raymundo Damasceno Assis sublinha que a intenção não é “generalizar as situações dos casais que vivem uma segunda união”, porque cada um “tem uma situação muito concreta, muito especial, com todas as circunstâncias que rodeiam a vida dessa pessoa”.

Ouça aqui o registo das declarações do Cardeal Damasceno de Assis.

(RS/Ecclesia)

(from Vatican Radio)